Atlas de Mamíferos de Portugal

um projecto em curso sobre a distribuição dos mamíferos no nosso país

Artigo publicado na PLoS ONE

O nosso artigo sobre a distribuição, tendências e bibliometria dos carnívoros terrestres portugueses, que foi parte da tese de mestrado da Joana Bencatel (apresentada em 2016) e esteve na base do Atlas, está finalmente publicado! Este trabalho não inclui apenas a distribuição registada destas espécies (à data de finalização do artigo), mas também uma análise das suas tendências ao longo do tempo, da bibliometria e do tipo de estudos que foram dirigidos a cada espécie. Apesar de não incluir dados de distribuição obtidos depois de 2016 (devido ao tempo que estes artigos habitualmente passam nos processos de revisão e à complexidade da análise associada), este é um documento importante sobre como evoluiu até então o estudo dos carnívoros em Portugal e sobre as necessidades prioritárias para estudos futuros. Os dados mais actuais de distribuição estão a ser recolhidos no Atlas.

Artigo sobre o Atlas publicado na Lucanus

O 2º volume da Lucanus – Revista de Ambiente e Sociedade inclui um artigo que escrevemos sobre o Atlas. A apresentação pública da revista decorrerá no dia 16 de Novembro no Auditório Municipal de Lousada, no âmbito das XV Jornadas do Ambiente. A revista ficará brevemente disponível online, mas pode consultar já o nosso artigo aqui! Poderá também utilizá-lo livremente, citando-o da seguinte forma:

Ferreira C.C., Sabino-Marques H., Bencatel J., Álvares F., Moura A.E. & Barbosa A.M. (2018) Conhecer melhor a nossa biodiversidade: o Atlas de Mamíferos de Portugal. Lucanus, 2: 136-151

Atlas no Facebook do Carnivora

O Atlas foi divulgado na página de Facebook do Carnivora – Núcleo de Estudos de Carnívoros e seus Ecossistemas! O post está disponível aqui. As contribuições são bem-vindas!

Mapas do Atlas no MVBio

Os mapas do Atlas estão agora a ser incluídos no Museu Virtual da Biodiversidade — consulte, por exemplo, o separador “Distribuição” na ficha do lince-ibérico.

Atlas no BioBlitz Évora 2018

O Atlas vai participar no próximo BioBlitz a realizar em Évora, terça-feira 22 de Maio de 2018 (Dia Internacional da Biodiversidade)! Escolas, biólogos, naturalistas e população em geral serão bem-vindos neste evento, tirando fotografias, fazendo desenhos e ajudando a identificar e catalogar a biodiversidade da Horta da Nora e zonas verdes circundantes, na freguesia da Malagueira e Horta das Figueiras. Os autores da melhor fotografia e do melhor desenho de um mamífero selvagem (ou vestígio de um, por ex. pegada ou excremento) avistado durante o evento serão premiados com um exemplar do Atlas!

Atlas no “Café com Ciência” em Serralves

O Atlas vai ser apresentado na próxima edição do Café com Ciência, uma conversa descontraída entre cientistas e o público, este domingo (29 de Abril) na Fundação de Serralves, Porto. A entrada é livre (sujeita à lotação do espaço).

 

ACTUALIZAÇÃO: a apresentação já decorreu e foi um êxito, como comprova este post do Facebook de Serralves!

Mapas interactivos do Atlas no XCEB e em livro

Um poster sobre a utilização de mapas interactivos em investigação e divulgação, que destaca os mapas interactivos do Atlas, foi apresentado no X Congreso Español de Biogeografía, realizado em Almagro (Ciudad Real) de 20 a 23 de Abril. O resumo deste poster foi publicado como um capítulo no livro resultante do congresso!

Atlas no Facebook

O Atlas tem agora uma página no Facebook que recebeu mais de 200 “gostos” nos primeiros dias, além de ser uma via adicional para a recolha de novos registos de presença!

Atlas no congresso da IBS

Um poster sobre o Atlas, anteriormente aceite para apresentação, está esta semana em exibição no congresso da IBS (International Biogeography Society), este ano realizado em Évora.

Dados do Atlas no HABEaS webGIS!

Os dados de espécies ameaçadas do nosso Atlas foram adicionados ao HABEaS webGIS, um sistema que disponibiliza dados sobre biodiversidade e serviços de ecosistemas na região mediterrânica. Tal como o Atlas, o HABEaS webGIS baseia-se em software livre de código aberto e disponibiliza os seus dados gratuita e publicamente.

« Older posts

© 2017-2018 A. Márcia Barbosa

Theme by Anders NorenUp ↑